Documento sem título
   
Não tem obrigatoriedade de profissional com CREF na comissão técnica
 
 
 
 
 
 
     
O INÍCIO

Nos idos de 13 de julho de 1956, na sede da Associação dos Empregados do Comércio, reunião aberta pelo Sr. Antonio Paulielo Filho, que dirigiu os trabalhos e secretariando a reunião o Sr. Francisco Siqueira Filho, havendo a leitura de estatuto elaborado por uma comissão formada pelos Srs. Antonio Lacovino, Natanel Silva Jr., Orlando Brandini e Icaro Mation com a conseqüente aprovação pelos representantes dos seguintes clubes fundadores:
Sangri – La F.S., Associação Esportiva Jundiaiense, Palmeiras F.S., Associação dos Empregados do Compercio, Ginásio e Escola Técnica de Comércio Padre Anchieta, E.C. Porelana São Pedro,Clube da Fonte, Zé Kilowatt A.C., Tietê Clube, Associação Primavera de Esportes, Portuguesa da Vila Progresso, Associação Portuguesa de Esporte Jundiaiense, C.A. Nova Estrela, A.A. Auto boró, E.C. 1º de Maio, E.C. Empório Ferrazo, Anhanguera Clube, Unidos Clube, C.A. Casa Atique, C.A. Cruzeiro do Sul, E.C. Mossoró, Clube Recreativo e Beneficente 28 de Setembro, E.C. Farmácia Progresso, Sampaulinho F.C. sendo também eleito presidente o Sr. Antonio Paulielo Filho, vice presidente Orlando Brandini, que ficaram com incumbência de formar a primeira diretoria.

Portanto já são cinqüenta e sete anos de realizações de competições no futsal jundiaiense, sempre contando com a participação de abnegados na sua condução, pois os membros nada ganham para desempenharem suas funções. A liga jundiaiense de futebol de futsal é a quarta liga fundada no interior do Estado de São Paulo.

DE JUNDIAÍ PARA O FUTSAL INTERNACIONAL

Julio Romanini começou sua carreira no futsal em 1989, na categoria pré – mirim do time Nacional A.C, com o treinador Maia.

Conquistou o título de Campeão Metropolitano e, além disso, o troféu Tênis de Ouro, como o melhor jogador do ano na posição.

Em 1991, ainda pelo Nacional conquistou o vice-campeonato Metropolitano e a vice artilharia da competição. No segundo semestre foi jogar no clube são João, conquistando o troféu Tênis de Ouro, novamente.

O outro título do campeonato metropolitano foi em 1993, em que jogou pelo Clube Unidos, na categoria infantil. Seu esforço e talento proporcionaram mais um troféu Tênis de Ouro.

Em 1995, retornou ao Clube São João, mesmo na Categoria Infantil jogou muitas partidas pela categoria Juvenil, conquistando o vice – campeonato Paulista e o troféu Futsal, considerado o Oscar destinado ao melhor jogador do ano. Em 96, ainda no mesmo clube, porem já na categoria Juvenil foi Campeão Metropolitano e o artilheiro do campeonato, destaque recebido também no ano seguinte, onde foi o artilheiro do Campeonato Paulista em 1997.

Sua carreira exterior começou em 2001, em que foi para a Equipe BNL da Itália. Na temporada 2001/2002 foi vice – campeã do Campeonato Italiano e na temporada 2002/2003 ficou em terceiro lugar.

Na temporada 2003/2004 ficou em terceiro lugar pela equipe da Roma e em seguida foi para a equipe de Montesilvano.

Cobiçado para representar a seleção italiana, o brasileiro Julio Romanini naturalizou – se Italiano e jogou dois Mundialitos pela equipe conquistando o 3º lugar em Singapura em 2003 e no Mundialito do Egito em 2004 foi vice – campeão, perdendo na final para o Brasil.

O ano de 2007 foi marcado por alegria e tristeza, pois foi campeão da Copa Itália, porém teve uma grande lesão no joelho e ficou afastado por seis meses. Aconselhado a deixar o esporte pela gravidade da contusão, o jogador não desistiu e continuou, mas em séries menores, como no Fiumicino, onde conquistou o título da segunda divisão.

Clube pelo qual encerrou a carreira, na primeira divisão em 2012, considerando o melhor ala direita da temporada.

 
   
Documento sem título
         
 
Liga Jundiaiense Futsal
Campeonatos
Atendimento
Histórico Copa Regional Futsal Contato
  Campeonato Futsal Adulto  
     
     
 
       
Liga Jundiaiense Futsal © 2015 - Todos os direitos reservados